OrtoBio - 2016 - Todos os direitos reservados

Create By EADesigns

FILOSOFIA CLÍNICA

 

A Filosofia Clínica é uma nova abordagem terapêutica, cujo paradigma tem suas origens no trabalho do pensador Lúcio Packter, de Porto Alegre-RS, que desenvolveu seus estudos iniciais na Europa nas décadas de 80 e 90, quando retornou ao Brasil e fundou o Instituto Packter.

A Filosofia Clínica não trabalha com tipologias, medicação ou internação, pois entende e debate que conceitos como normal/patológico e cura/loucura podem ser concepções políticas, a partir do filósofo Michel Foucault em obras como “A História da Loucura” e “O Nascimento da Clínica”. Um dos aspectos mais significativos do método é o princípio da singularidade, ponto de partida para se entender a pessoa em versão própria. A partir da investigação reflexiva compartilhada nas sessões, é possível estruturar cuidados e atenção específicos para cada subjetividade.

 

A fundamentação teórica se encontra na Filosofia Acadêmica. Escolas como a fenomenologia, analítica de linguagem, historicismo e estruturalismo sustentam conceitualmente o método. As práticas envolvem atividades de consultório, hospitais, manicômios, empresas, escolas, grupos, crianças etc.

 

Terapeuta

Luana Tavares

Bacharel em Filosofia, com formação em Filosofia Clínica, além de escritora. Em sua singularidade,

habita um universo que caminha pelos ambientes múltiplos e fascinantes da subjetividade humana.

 

Consultas com hora marcada.

Para saber mais

 

www.casadafilosofiaclinica.blogspot.com

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social