OrtoBio - 2016 - Todos os direitos reservados

Create By EADesigns

QUADRIVIUM

Dinâmica da autorrealização humana interna

 

O despertar e a busca

Quando uma pessoa atinge certo nível de consciência (percepção) de si e da vida, inconformada com os limitados padrões convencionais que a prendem aos ordinários processos da subsistência e mera curtição da vida, passa a buscar meios que tornem sua existência mais plena.

É nesse momento, tipificado por inquietudes interiores e questionamentos diversos, que ocorre a busca pelas Escolas de Sabedoria (Iniciáticas), creditando-se a elas as orientações e os ensinamentos adequados para percorrer o caminho evolutivo de forma mais segura e consciente.

De fato, sem uma Escola seria difícil darmos os primeiros passos com segurança e lucidez. Através de procedimentos progressivos em graus de complexidade e sutilização podemos, trabalhando em grupo, acelerar efetivamente o processo espiritual.

Mas, infelizmente, na atualidade, existe uma grande quantidade de pseudodisciplinas, todas elas neuróticas ou hipnóticas. As autênticas, como as abaixo citadas, são de fato muito raras, assim como é rara a evolução espiritual.

 

Veículos, caminhos e escolas idôneas

O ser humano possui cinco instrumentos, estruturas ou veículos como meios ou vias de desenvolvimento interior: o soma (corpo físico), a mente, o emocional, a estrutura energética ou aura e, mais raramente, a esfera sexual.

 

I - Escolas tradicionais ou lineares (adaptação do autor)

Caminho nº 1: Faquirismo – Maçonaria - Karma Yoga etc. Ocupa-se

do desenvolvimento do Eu através da ação ou do esforço corporal (Ocultismo).

Caminho nº 2: Monge – Teosofia - Bhakti Yoga etc. Busca desenvolver

um grau superior de consciência através de um trabalho mais

profundo sobre a sensibilidade, a parte emocional (Misticismo).

Caminho nº 3: Cabala – Rosacrucianismo – Raja Yoga etc. Conduz a

uma paulatina expansão do Eu consciente em direção a estados

mais elevados ou sutilizados (de maior nível quântico) através da

esfera mental (Esoterismo).

Caminho nº 4: Mediunidade – Yoga BPE - Kundalini Yoga -  

Projeciologia etc. Visam o desenvolvimento do EU através da

consciência e sutilização energéticas diretas (Energicismo).

Caminho nº 5: Tantra (Tantrismo). Busca a expansão da consciência

através do domínio e sublimação da energia sexual. Infelizmente, o

que predomina hoje, especialmente no ocidente, é um pseudo Tantra.

Estas Escolas são denominadas lineares porque, para alcançar o objetivo, operam praticamente sobre uma só linha (aspecto/esfera) do ser. E cada um deles emprega uma linguagem própria, diferente dos demais. Visto que entre as diversas esferas ocorrem constantemente interferências mútuas, o trabalho realizado com apenas uma ou duas delas resultará num tempo de harmonização geral demasiadamente longo.

As escolas abordadas a seguir aceleram o processo evolutivo, porque atuam com pelo menos três esferas simultaneamente.

                                            

II - Escolas sintéticas ou integrativas

Conforme o número de veículos ou esferas utilizados por uma Escola, ela pode ser mono, bi ou multifocal. As escolas multifocais são também chamadas de Sintéticas ou Integrativas.

Caminho n° 6: Sistema Isotérico Universal (mal divulgado como Quarto Caminho) - Haida Yoga (parcialmente) - Arte Objetiva – etc. Estas escolas aplicam procedimentos diferenciados das lineares ou tradicionais. O Quadrivium se categoriza como escola integrativa dinâmica.

Os níveis de Consciência

Na figura ao lado, o Sistema Isotérico Universal apresenta os círculos do conhecimento, ou níveis de consciência. Em cada um destes Círculos existem diferentes linguagens, valores, modos operativos e dimensões. Infelizmente, pelo menos 90% da massa humana encontram-se no Círculo da Confusão das Línguas – a mais externa. Ali estão situadas as pessoas que “representam os mais baixos níveis da pura mecanicidade e da inconsciência”.

 

 

 

Abrangência e atualização

Parece óbvio que quanto mais esferas sejam acionadas conjuntamente mais se acelera o desenvolvimento humano interno, visto que são interdependentes: há interferência mútua contínua. Além disso, seria antiprodutivo forçar um indivíduo com tendência devocional a seguir alguma escola do caminho nº 1.

Outro aspecto a destacar é a atualização. Considerando os dois últimos séculos, a humanidade deu grandes avanços nos transportes, nas comunicações, nas construções e na geração de energia, entre outras áreas. Do mesmo modo, novas disciplinas eficazes surgiram no mesmo período e que podem contribuir sobremaneira o progresso interno do ser humano.

Procedimentos milenares, técnicas cristalizadas, estruturadas e aprovadas

há muito tempo, não são indício de melhor eficiência. Embora devamos

reconhecer que, com raríssimas exceções, alguns convêm mesmo nos dias

de hoje, uma vez adaptados.

O ser humano atual - conjuntamente com seu contexto social e planetário

- é muito complexo e, portanto, práticas vigentes milênios passados não

somente são inúteis como até perigosas. Na história humana, cada período

tem seus problemas e necessidades próprios. E para atendê-los

adequadamente cada época deve elaborar novos procedimentos, novos métodos, mais aprimorados e eficientes. Não podemos viver hoje com os olhos de séculos passados, utilizando métodos e ou técnicas arcaicos, desvinculados do momento biopsicoenergético atual do ser humano. É perigoso ficarmos defasados do nosso tempo.

A vida é um processo dinâmico. Vivemos num mundo de rápidas e constantes mudanças, as quais devem ser acompanhadas. Até nas pequenas coisas optamos pelo mais eficiente, pelo mais produtivo. Queremos economizar tempo e energia. Com técnicas de vanguarda poderemos, em qualquer ramo de atividade, produzir muito mais em menos tempo, menos esforço e com maior precisão. Portanto, a palavra chave para a autorrealização é atualização. Por conseguinte, temos a oportunidade de acelerar de fato nosso processo evolutivo interior (espiritualização).

 

O que é o Quadrivium

 

É um sistema multidisciplinar que objetiva a imprescindível evolução interna

do ser humano, a partir de uma visão integradora de conhecimentos,

e está estruturado sob a forma de Escola inovadora, dinâmica, hodierna e

essencialmente prática.
Este meta sistema busca a reconciliação dos saberes, integrando os do

oriente com os do ocidente, adaptando os antigos e incorporando os atuais.

Quadrivium, do latim, significa quatro vias, quatro disciplinas. Nas

universidades medievais existiam as quatro artes matemáticas: geometria,

aritmética, música e astronomia.

Este meta sistema parte da seguinte ideia nuclear: O Trabalho consiste

na evolução da Essência, feito através de uma Personalidade harmonizada.

A Essência é o registro de toda a história pessoal que antecede

o nascimento e, portanto, é muito antiga. A personalidade, ao contrário, é a mente nova que começou com o nascimento. Ambas deveriam coexistir de forma igualitária, mas geralmente a Personalidade predomina na maioria das pessoas. O que desagrada a personalidade é bom para a essência.

 

O Quadrivium adota o conhecimento unificado

 

 

 

 

O Quadrivium utiliza conhecimentos dos quatro grandes ramos do conhecimento para, em última instância, conduzir o indivíduo à transcendência.

Adota, também, conhecimentos de vanguarda e está estruturado sob a forma de sistemas integrados, objetivando, através da sabedoria da ação (o fazer consciente), a saúde real, o autoconhecimento amplo e a consequente amplificação da Consciência.

A saúde global - ignorada pela maioria das Escolas - é o pilar primordial do Quadrivium. A saúde é a chave para toda e qualquer realização autêntica. Ela se torna imprescindível para se atingir algo maior: a tão almejada Transcendência. O grande sábio Pitágoras considerava que o máximo potencial mental só seria possível se o corpo fosse um instrumento eficiente.

O Quadrivium abarca conhecimentos nas áreas da saúde, da filosofia, da psicologia, da expressão corporal, das artes, da psicossomática, entre outras. Dentre as disciplinas pouco ou nada conhecidas temos a Psicologia Arquetípica, o grandioso Sistema Isotérico, a Ortobioenergética, a Biopsicoenergética, a Biorritmologia, o Yoga Integrado, a Filosofia Clínica e até o Coaching. Deduz-se que o Quadrivium compõe-se de conhecimentos do legado de vários sábios com ideias convergentes.

O Quadrivium possui mais de uma dezena de autênticos Princípios Fundamentais (alicerces) que orientam os procedimentos com discernimento e segurança. Entre eles, destacam-se:

Da Evidência: ‘Jamais aceitar como verdadeira coisa alguma, a não ser que se apresente a mim como evidente’ - Descartes. Portanto, ter precaução com a síndrome psicótica da autoridade.

Da Progressividade: Iniciar pelos assuntos e procedimentos mais simples, concretos, grosseiros, brandos e conhecidos e adentrar, gradual e progressivamente, os intermediários e, finalmente, os avançados, complexos, abstratos, sutis, vigorosos e ‘desconhecidos’.

 

O autêntico despertar

O Quadrivium visa o despertar em várias dimensões - que é o autêntico

despertar:

  • o despertar para a verdadeira razão da vida: a Transcendência, a

  • Amplificação da Consciência;

  • o despertar para o estado de ataraxia (imperturbabilidade) perante

  • as vicissitudes da vida;

  • o despertar para as possibilidades do desenvolvimento das grandes e variadas potencialidades do ser humano;

  • o despertar para a existência de instrumentos e procedimentos atualizados que aceleram o processo evolutivo interno;

  • o despertar para se libertar da mecanicidade, do automatismo, dos condicionamentos limitadores, dos falsos valores sociais, dos preconceitos, das crenças e imagens ofuscantes, das couraças, dos apegos; para se libertar das emoções negativas (principalmente dos medos), dos vampiros emocionais, dos relacionamentos desgastantes, dos distúrbios de saúde, da inquietude da mente...

 

Principais peculiaridades do Quadrivium

  1. É estruturado para pessoas que tem vínculo intrínseco com a sociedade: vivem com a família, emprego, relações sociais; enfim, se relacionam com o mundo comum e corrente.

  2. Por valorizar aspectos energéticos dos ambientes, prefere práticas em meios naturais, isto é, em bosques, praias, cachoeiras, montanhas. Os locais são determinados de acordo com os objetivos a serem alcançados.

  3. Conta com uma equipe de profissionais, cujas atividades são desenvolvidas de forma articulada e convergente.

  4. Trabalha com procedimentos sequenciais: começa-se com os elementais ou básicos, seguindo com os intermediários ou secundários e culminando com os avançados ou superiores.

  5. Objetiva alinhar ou desenvolver harmonicamente todas as esferas ou dimensões do ser humano.

  6. A força do grupo resulta em poder motivador, de cooperação, encorajamento fraternidade e aprendizado mútuo com as experiências de todos.

               

Sistematizador e coordenador

Arlindo Fiorentin

         (Vide curriculum em O Fundador)

 

Cadastre-se para o próximo grupo.

___________________________

 

É tolo uma sociedade apegar-se a velhas ideias em novos tempos como é tolo um homem tentar vestir suas roupas de criança. Thomas Jefferson

___________________________

____________________________

 

Não é que gostemos de estar sós; é que amamos voar alto como a águia. E quando voamos alto, a companhia vai ficando mais e mais rarefeita até que some completamente. Não é nossa imprudência que nosso objetivo seja o topo das montanhas. É omissão das multidões que sequer conseguem começar a escalá-las. Henry David Thoreau

_____________________________

  • Ciência

  • Arte

  • Filosofia

  • Religiosidade

  • Saúde global

  • Integração

  • Autoconhecimento

  • Transcendência

_______________________________

 

Aquele que conhece aos outros é esperto;
aquele que conhece a si mesmo é iluminado.

Lao-Tzu

_______________________________

____________________________

Se as portas da percepção se abrissem, tudo apareceria como é.

William Blake

____________________________

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social